DEPOIMENTOS

CONFIE SEMPRE 
Não percas a tua fé entre as sombras do mundo. Ainda Que Os Teus pés estejam sangrando, segue para a frente, erguendo-a por luz celeste, acima De ti mesmo. Crê e trabalha. Esforça-te no bem e espera Com paciência. Tudo passa e tudo se renova na terra, mas o que vem do céu permanecerá. De todos os infelizes os mais desditosos são os que perderam a confiança Em Deus e em si mesmo, porque o maior infortúnio é sofrer a privação Da fé e prosseguir vivendo. Eleva, pois, o teu olhar e caminha. Luta e serve. Aprende e adianta-te. Brilha a alvorada além da noite. Hoje, é possível que a tempestade te amarfanhe o coração e te atormente o ideal, aguilhoando-te com a aflição ou ameaçando-te com a morte. Não te esqueças, porém, de que amanhã será outro dia.

Chico Xavier

Este espaço é dedicado para as pessoas que querem compartilhar as experiências vividas na Casa da Luz.

Envie seu depoimento

Depoimento 1

De Rafaela

Para Vô Paulo.

Cachoeira Paulista.

Vô Paulo,

Não tive a felicidade de conhecer meu avô materno e nem paterno, mas tive a felicidade de conhecer e fazer do Senhor Meu Avô do Coração. E o importante mesmo são as coisas que a gente consegue enxergar e sentir com o coração, isso sim é real. Vô, cada um que passa na nossa vida, passa sozinho mais não vai sozinho nem nos deixam só, levam um pouco de nós e nos deixam um pouco de si mesmo. Existe os que levam muito, mais não existe os que não levam nada. Vô Paulo, esta é mais bela responsabilidade e é a prova maior de que cada um é importante e que ninguém se aproxima do outro por acaso e é por isso que o Senhor se aproximou de mim para me dar esta felicidade de ter um avô tão especial.

Um presente de Deus.

Obrigada por existir.

Um abraço.

Rafaela,

8 anos.

Depoimento 2

Ana Lúcia de Carvalho Lage.

03 de novembro de 2010.

Este trabalho é muito gratificante para mim no sentido de ver e tirar as lições necessárias para nossa vida, principalmente para minha família na qual vi e senti uma mudança de comportamento dos meus filhos e marido, tanto na saúde física quanto na espiritual.  Houve por parte deles uma evolução muito grande notada pelas pessoas que nos cercam e que se surpreendem com as diferenças visíveis ocorridas com eles.

Passar a ver a vida por um outro prisma; ter outros valores, no caso os valores espirituais, nos fortaleceu cada vez mais.

O sentido desta casa, a Casa da Luz, tem sido esta: nos mostrar a nossa verdadeira família que sem dúvida nenhuma é a espiritual; que nos prendem uns aos outros, não por obrigação, mas por amor; um amor sincero, fraterno e que é cada vez maior.

O meu coração se enche de alegria pois cada pessoa que ali se adentra e é assistido tão carinhosamente, sendo amparadas pelos nossos irmãos da espiritualidade e, com o tratamento sai dali melhor.

Eu agradeço a Deus a cada oportunidade desta e espero continuar aprendendo, não só as necessidades do espírito, mas também as necessidades materiais.

Temos muito trabalho pela frente e espero que Deus, na sua infinita misericórdia, me guie por este caminho tão lindo e que nos faz tão bem e que sempre me enche de alegria; de esperança para que possa ser atingido um crescimento real baseado na maturidade espiritual, na qual eu também, como espírito tão imperfeito, necessito.

Agradeço aos médicos espirituais, à equipe do Dr.R.Von Kurts, ao Dr. Bezerra de Menezes, aos Caboclos e Pretos Velhos, a todos os trabalhadores desta Casa que em nenhum momento nos deixou desamparados em nossas mínimas necessidades do espírito.

O amor é algo que transcende a nossa imaginação. O verdadeiro amor está sempre presente em nossas atitudes; de sempre se lembrar dos outros em detrimento de nós mesmos; de amparar; de socorrer; de transpor as maiores barreiras para ajudar os nossos irmãos necessitados, barreiras estas que não enxergamos com os olhos da matéria e que dificultam cada vez mais o progresso e a evolução das pessoas.

Temos que ter fé; muita perseverança no bem; coragem para enfrentar espíritos mergulhados em profundos problemas; aparentemente insolúveis para nós, mas que para os espíritos amigos há a possibilidade de solucioná-los, nos levando ao nosso passado, à atalhos errôneos, distorcidos da realidade.

O mundo carece de se preocupar mais com a vida do espírito, causa de muitas mortes e doenças, hoje não detectadas pela medicina e que só serão solucionadas espiritualmente.

Estou certa de que este recurso solucionará, realmente, os problemas que afligem a humanidade.  Nunca se teve tantos recursos, remédios, aparelhagens; porém nunca se teve um povo tão doente.  As mazelas são tantas que me surpreendo a cada trabalho realizado; vejo que a saúde está cada vez mais fragilizada.  Estamos envoltos com tanto sofrimento que, como disse o Sr. Paulo, é difícil hoje se estar alegre com tanta tristeza ao nosso redor; mas nos sentimos felizes por poder levar um pouco de esperança para aqueles que sofrem.

Depoimento 3

Juliana e Jacqueline

Tudo começa quando um amigo nosso pede que meu marido e eu vá procurar seu Paulo para que descubra seu telefone, pois precisava muito falar com ele. 

Claro que isto era um pretexto para que meu marido, que tinha muitas crises de labirintite tivesse um encontro com ele. Deste encontro, eu como companheira de meu marido fui junto a procurar seu Paulo.

Em busca dele, fomos achá-lo na casa de seu filho, onde o vizinho nos passou sua direção.  Assim, chegando lá, eu que estava apenas acompanhando meu marido, fui surpreendida com ele pedindo que entrássemos. Meu marido, que é reservado, simpatizou com ele de cara e aceitou o convite. Eu por vez estava muito sem jeito, porque tinha acabado de fazer faxina em casa e estava fazendo docinho para o aniversário de meu filho Victor. Estava sem tomar banho e muito sem graça.

Nesta conversa, falamos o que nos fez procurá-lo. Ele, sabiamente, percebeu que meu marido precisava de ajuda espiritual. Mas também percebeu que eu precisava.

Marcamos em minha casa, onde com toda educação e gentileza, percebeu que eu não estava bem e que queria engravidar, sem eu nada dizer. Fiquei surpresa, e ainda comentou que estava vendo uma menina do meu lado bem sapeca. Para que isso acontecesse, eu deveria fazer algumas sessões de tratamento, para que Juliana viesse ao mundo.

Assim seguimos. Primeiro foram as sessões com meu marido, que cada vez mais ia melhorando. E logo depois eu.

Claro que sua mulher, Dona Arlete que é sua companheira e enfermeira nestas horas junto com Dr. Curtis, fazia o trabalho com algodão e álcool.

Foram várias sessões. E em pouco tempo, tive a alegria de ficar grávida de minha filha Juliana.

Assim fizemos amizade. Eu como gostei muito deles; insisti nesta amizade, pois ele apareceu como um carinho para mim, como um bálsamo em minha vida e de minha família, todos gostam muito dele, porque é um senhor doador de alma. É capaz de tornar o improvável em provável. Sua experiência, virtude, sabedoria e soberano (como diz meu marido) fazem de mim uma pessoa mais consciente e feliz. Suas palavras e atitudes devem ser não só para mim como para todos em buscar o bem, que claro só faz o bem. Seu espiritismo nos convida a repensar e avaliar nossas atitudes nesta encarnação que estamos.

Devemos avaliar nossas atitudes, comportamentos, verdades para podermos seguir em frente e lutar, é claro, para poder ter uma vida tranquila e digna. "Quem faz o bem é feliz e está tranquilo com seu espírito." Palavras ditas por ele.

Sendo assim, este grande senhor Paulo junto a sua esposa também com respeito, fazem parte da minha família. Sempre está disposto a ajudar. O que peço sempre com carinho cuida de nós. Para mim ele faz milagre, pois seu coração ultrapassa o limite da bondade e amor ao próximo.

Que DEUS continue a ser misericordioso e ele continue na terra. Esta alma purifica a todos nós.

Que DEUS o abençoe muito...

É o que desejamos, família Negraes.

Depoimento 4

Sandra Regina da Silva Paiva Reis

Em 2010 tropecei na rua e cai de rosto no chão e bati muito forte meu joelho direito, o qual tive uma luxação. E no mês de julho há 20 dias atrás fui buscar uma cliente pela minha atividade como corretora de imóveis saindo do táxi ao descer na calçada antes de uma casa e tropecei num desnível de dois dedos entre uma calçada e outra num comprimento de 2 metros, e digo que voei parando de rosto no chão na porta da minha cliente.

Levantaram-me e Deus foi maravilhoso  colocou almofada para que meus dentes não quebrassem. Socorreram-me e após muito sangramento amparada por uma toalha molhada da dona da casa fui para o hospital. Em momento algum fiquei maldizendo ou indagando os porquês que nós muitas vezes fazemos. Liguei para meu marido e meu filho Renan me acompanhou, e com tudo o sangue saia muito mas eu estava tranqüila e agradecendo muito. Fiz o exame de raio-X e constataram uma quebradura no osso. Digo com tanta franqueza que não senti dor alguma e tirei tudo aquilo com mais uma lição e com serenidade levei na brincadeira. O otorrino chegou brincando comigo e eu da mesma forma em companhia do meu marido na sala, em que colocaria no lugar o osso. Ao colocar algodão nas minhas narinas  até o osso pressionando, ele me informou que eu tinha um desvio no septo nasal de nascença, o qual meu marido confirmou por dormir de boca aberta e roncar. Eu pedi a ele que aproveitasse e consertasse meu nariz, e ele me respondeu que não dava por ser de nascença. No dia seguinte fui tirar o algodão das narinas, e pela primeira vez depois de tantos anos sem  saber deste problema e também não procurar causa respirei como nunca tinha respirado com tanta profundidade. Retornei ao médico após 5 dias, ele examinou e disse: “Você está com o septo nasal curado”, mas eu já sabia. Meus joelhos doíam muito, mas eu não dava muita importância e comecei a pisar nas pedrinhas de manhã e a noite, e desliguei-me, e  passado alguns dias na rua andando caiu a minha ficha que a dor tinha sumido: estou curada!

A fé remove montanhas! O que são montanhas? São os obstáculos que aparecem para transpormos sorrindo, acreditando que somos Filhos de Deus e podemos superar a todas as coisas sem reclamar e sorrir com a alma refletir num semblante as pessoas muita alegria. A maior caridade que podemos dar a alguém é o sorriso, o abraço fraternal e as palavras de coragem e fé.

Muito Obrigada ao Drº Kurts, Emereciano,Tucuruí, Seu Paulo,a Ana, Drº Henrique,a  Fernanda, Felipe e a tantas pessoas especiais da Casinha da Luz ,que encontrei  e encontro pela minha caminhada. Tenho o muito o que fazer e farei!Muito Obrigada!!!